RAFAEL...


E mais uma vez estou eu aqui a escrever...
Desta vez me pego a pensar no porque de muitas coisas que acontecem sem explicação. Esses dias acordei com uma notícia triste, que me atormentaria por muitos dias e por muitos e muitos dias ... Por vezes li e reli as notícias para saber da veracidade do que tinha te acontecido, mas teimei em não acreditar... 
Difícil perceber que não mais voltará que não verei mais o teu olhar, o teu sorriso... Difícil imaginar que cruzarei aquela rua e passando pelças calçadas, indo à farmácia ou até a sorveteria não escutarei mais a tua voz a me chamar:
_ Ei não tá me vendo aqui não? Fiou metida foi? Não fala mais comigo?
Difícil é acreditar que você se foi para não mais voltar...
Teu sorriso, ah o teu sorriso... Isso era coisa linda de se ver e fico constantemente a pensar, olhar tuas fotos, a meditar... Porque não procurou ajuda? Será que alguém podia te ajudar?
Têm momentos que dá vontade de gritar...
Porque fez isso??? 
Porque fez isso??? 
Porque fez isso??? 
Mas inutilmente gritaria... Seriam gritos inúteis você não me ouviria...
Se eu soubesse que aquela era a última vez que eu te veria!!!
Resta-me a dor e as lembranças... Sei que não voltarás, mas em minha memória vivo sempre estarás e de ti sempre lembrarei... RAFAEL

Nunca se morre quando se vive no coração de alguém!

                         

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu pitaco!!!

 
Minha negra cor - Aline Dias © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo