Taís Araújo é vítima de racismo + reflexões

Como sempre acabo trazendo situações não tanto agradáveis para a gente dar uma refletida não é??? Penso que conversarmos e refletirmos um pouco faz de nós seres melhores, nos ajuda a repensar se estamos ou não fazendo a coisa certa! Deu para entender???... Infelizmente pessoas de mente pequena nos cercam e embora muitos pensem que o racismo não exista ou é algo exagerado partido por parte de algumas pessoas, vez ou outra muitos mostram que ele está aí, mais presente do que nunca! Esses dias a Taís Araújo atriz super conceituada, reconhecida pela mídia, considerada ícone entre muitos foi vítima de racismo nas redes sociais... Algo semelhante com o que aconteceu com a Maria Júlia Coutinho ( Majú do JN na Globo), o fato é que são situações nada confortáveis para ambas e que despertaram em boa parte da população sentimentos de revolta e apoio as duas, chegando a usar as #somostodosmaju e #somostodostaisaraujo para defender e apoiá-las... Abaixo o texto publicado pela própria Taís Araújo em sua página após os atos de racismo...
FONTE
É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar: na última noite, recebi uma série de ataques racistas na minha página. Absolutamente tudo está registrado e será enviado à polícia federal. E eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena nesse país, além do sentimento de pena dessa gente tão pobre de espírito. Não vou me intimidar, tampouco abaixar a cabeça. Sigo o que sei fazer de melhor: trabalhar. Se a minha imagem ou a imagem da minha família te incomoda, o problema é exclusivamente seu! Por ironia do destino ou não, isso ocorreu no momento em que eu estava no palco do Teatro Faap com O Topo da Montanha, um texto sobre ninguém menos que Martin Luther King e que fala justamente sobre afeto, tolerância e igualdade. Aproveito pra convidar você, pequeno covarde, a ver e ouvir o que temos a dizer. Acho que você está mesmo precisando ouvir algumas coisinhas sobre amor. Agradeço aos milhares que vieram dar apoio, denunciaram comigo esses perfis e mostraram ao mundo que qualquer forma de preconceito é cafona e criminosa. E quero que esse episódio sirva de exemplo: sempre que você encontrar qualquer forma de discriminação, denuncie. Não se cale, mostre que você não tem vergonha de ser o que é e continue incomodando os covardes. Só assim vamos construir um Brasil mais civilizado. A minha única resposta pra isso é o amor!
Palmas, palmas!!! Amei o discurso dela, tiraria o chapéu mil vezes se necessário!!! A cada caso assim exposto na mídia minhas esperanças se renovam! Penso que estamos indo no caminho certo! Mas infelizmente o que também fico a pensar em situações como essas é... Será que todas as Majús, todas as Taízes anônimas desse mundão de meu Deus recebem o mesmo apoio??? Será que a população às apoia? Será que têm alguém que vá a seu favor??? É meus caros amigos, infelizmente minha resposta é em partes! Isso porque se o caso de uma famosa ou até anônima sai na mídia, todo mundo acha absurdo e tal, fazem até protestos se necessário! Mas eu quero ver é ajudar vivenciando a situação sem benefício nenhum! Sem ter ninguém para te gloriar e te colocar nas alturas! Quero é ver no teu íntimo, lá no fundo do teu eu, será que você é mesmo assim tão mente aberta???Conheço muitas pessoas que se dizem "mentes abertas", mas que na verdade trazem o preconceito consigo, poderia citar aqui inúmeros casos pessoais ou não, mas contenho-me a afirmar que infelizmente não somos tão igualitários assim!!! Ora não quero aqui dizer que o povo está sendo falso com ela. NÃO!!! JAMAIS!!! Mas digo que se parte da população brasileira pensasse realmente assim, muita coisa seria diferente! O que vejo é muito preconceituoso que se esconde atrás de uma máscara, atrás de comentários disfarçados, querendo ser bonzinhos só para aparecer!!! O que vejo são pessoas que a todo o momento tentam nos diminuir por conta da nossa cor!!! 
Estou tão cansada!!! Cansada desse povo racista que nos diminuem, nos rotulam, nos limitam!!! Estou totalmente cansada dessas pessoas que não nos respondem sequer um bom dia e depois afirmam não terem ouvido! Estou cansada de comentários ridículos a respeito de nós! Oh minha gente, será que é difícil de perceber que isso é só a cor da pele??? Por dentro é tudo igual! O negro sangra, o negro adoece, o negro tem os mesmos órgãos, nasce do ventre da mãe assim como o branco, o negro é SER HUMANO do mesmo jeito pow!!! Será que é tão difícil de entender isso??? 
Estou tão cansada!!!
...

10 comentários:

  1. Posso dizer que estou digitando com os pés pq com as mãos eu estou aplaudindo? Ela foi fantástica no que ela falo Li!

    Vc sabe que eu sou meio doida, e acho que o preconceito é uma coisa normal, todo mundo tem preconceito com alguma coisa... nem que seja com time de futebol! Quantas vezes eu ouvi que sou maloqueira por ser corintiana ou que sou mimada por ser filha única, é normal...e é preconceito. Mas a gnt está falando de um preconceito "Bravo".

    Eu não vou falar que eu não tenho nenhum preconceito Li, mas com relação a "raças" posso dizer que eu não tenho! Vou te contar umas histórias ... uma vez quando eu era criança, eu contei uma piadinha sobre negros (criança que não sabe o que está falando) e minha mãe acabou comigo (no sentido moral mesmo!! minha melhor amiga na época era negra então...pq eu estava fazendo aquilo?) Ali eu percebi muitas coisas e meu racismo "implantado" pela sociedade foi pro água abaixo graças a minha mãe - obrigada mãe!. Outra vez, já mais velha, foi quando meu pai estava em coma precisando de sangue e eu fui para o local onde se coletava sangue... lá tinham homens e mulheres, negros, brancos, orientais, e tudo que eu pensava era que o sangue deles poderiam ajudar meu pai a viver, qualquer um deles ajudaria então pq não gostar de alguém ali?! E ainda uma outra vez, era meio adolescente, eu me deparei com uma situação Li...e eu fiquei tão PUTA da vida comigo mesma, foi horrível Li, prometi para mim mesma que nunca mais iria me deixar levar por ações dos outros. Eu tive medo de um senhor, e eu posso dizer que não era por ele ser negro, mas ele era, entende?... Consegui me desfazer a minha ação inicial e ajudei o senhor, que na verdade só estava querendo sair de dentro do metrô e ngm estava ajudando... mas essa situação me marcou muito a ponto de hoje, eu me recusar a ter qualquer tipo de reação só pq eu estou vendo outras pessoas tendo, sabe? Estou dando meu ponto de vista Li, minha história com o racismo e preconceito...com coisas que aconteceram comigo, hoje acho que o mais importante é a educação, se lá atrás quando eu contei uma piadinha que eu nem sabia o que significava a minha mãe tivesse dado risada ao invés de me puxar a orelha e explicar que na verdade somos iguais, talvez hoje eu fosse uma racista nojenta que se esconde atrás de fakes para xingar pessoas na internet!! Então acho que é uma coisa de berço! temos que ensinar nossos filhos bem. Acho que A Taís está mais do que certa, essa galera tem que ser punida, pq isso é crime!

    Acho que meu comentário ficou enorme, mas gosto de falar sobre isso, pq vejo o quanto esse preconceito pode ser idiota e como é fácil acabar com ele, é só observar a vida ao nosso redor...
    Espero que não tenha se importado ou ficado brava com esse monte de história!

    Bjo enorme Li!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie minha flor!!! Então, a verdade é essa mesmo, a gente é ensinado a ser racista! O problema é como vc diz, o racismo é um preconceito muito bravo! Pesado mesmo!!! Essas coisas não podem realmente ficar impunes, quanto a sua mãe ela realmente foi muito sábia, pois se ela estivesse ignorado ou achado sua atitude bonitinha com certeza teria contribuído para tal coisa! Agora deixa eu te contar algumas coisas de racismo, só que no meu caso é o outro lado da moeda! Várias vezes as mães das minhas colegas não queriam que suas filhas brincassem comigo! As coleguinhas me olhavam torto! Eu sempre fiava nas últimas a ser escolhidas para os grupinhos! Nunca ficava no grupo das populares! Quando cresci, uma cliente não quis ser atendida por mim! Quando fui ensinar o guarda não quis abrir o portão afirmando que eu não era professora! Algumas alunas perguntaram quem eu pensava que era! E tudo isso exclusivamente por ser negra!!! Isso mesmo amiga, só por SER NEGRA, sabe Juju, as coisas são mais complicadas do que se imagina!!! Eu poderia ficar aqui falando um monte de coisa, mas sei que você me entende direitinho! Eu só queria que as pessoas percebessem o quanto somos todos filhos de Deus e que somos todos iguais!!!

      Excluir
  2. Excelente texto , faço de suas palavras as minhas, é lamentável ver que em pleno século XXI possa existir esse tipo de preconceito, fico tão feliz quando vejo uma mulher negra e até os rapazes também assumindo suas origens com orgulho, acho muito lindo os cabelos cacheados e crespos, não acho que seja uma modinha, mas a partir do momento que a pessoa passa a se amar ela tem orgulho de exibir suas origens, esse preconceito racial está mais do que na hora de acabar, a maior potência do mundo possui um presidente negro e eu fiquei apaixonada pela Maju no Jornal Nacional, estudo jornalismo e conheço um pouquinho da chatice para a televisão e ver uma negra com aquele cabelo lindo so no glamour no horário nobre da tv é muito orgulho, não se importe com preconceituosos pessoas assim são mesquinhas e imbecis quem planta discórdia e ódio como eles não colhem nada bom, para uma pessoa que nos odeia, Deus ele coloca 10 ou mais para nos amar, esses dias vi um vídeo de uma mulher que estava com o marido e a filha na sala de espera do médico e do lado havia um rapaz indiano eu acredito que seja indiano e ela ficava olhando com nojo pra ele e tirando a filha dela de perto dele para não sentar próximo a ele e o médico chamou essa mãe o pai e a filha para o consultório e la dentro ele informou que o processo de transfusão de sangue tinha dado certo e a leucemia da menina havia acabado e ai o médico ia apresentar o responsável pela doação de sangue quando ele abriu a porta era o indiano que ela tratou mal na sala de espera. Estou seguindo o blog. Beijoos

    http://www.caprichadissimas.com.br/

    http://www.caprichadissimas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, é isso!!! Somos seres humanos, Deus criou vidas e não raças!!!

      Excluir
  3. Infelizmente, ainda temos que aturar pessoas com preconceitos em nossa sociedade! Espero que, um dia, isso mude!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, vamos aguardar e confiar que as coisas mudem para melhor não é!

      Excluir
  4. Olhando ao redor às vezes sinto que não avançamos em nada nas relações sociais, ao contrário, vejo pessoas achando que podem se esconder atrás de suas telas para jogar suas pedras, como se ainda estivéssemos na idade média. Tua reflexão em relação as pessoas anonimas é muito pertinente, pois sabemos que essas não têm a mesma visibilidade que os famosos, mas está aí a nossa força, em usar as mesmas redes sociais que agridem para criar uma rede do bem, mostrar que juntos somos mais e que a maioria de nós não está do lado do preconceito e do desrespeito, seja ele qual e a quem for.

    ResponderExcluir
  5. Eu não sabia que ela tinha sofrido racismo, às vezes eu me surpreendo com o tanto de gente racista que ainda existe no mundo, ainda bem que nunca passei por isso, não sei dizer se é porque sou apenas morena, mas eu fico muito abismada quando vejo que isso existe de verdade e que é bem mais comum do que eu imaginava :(
    Não entendo como alguém consegue achar que o outro não é bom o suficiente só pela cor da pele, acho que sou humana demais para entender isso

    http://pinkisnotrose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei, Aline! Ótima reflexão. Temas assim devem ser discutidos sempre. Outro dia uma pessoa foi capaz de me dizer que não existe racismo. Fiquei horrorizada. Não só existe como nós, negros, sofremos por causa disso. Sou contra qualquer tipo de preconceito.
    Beijos,

    www.blogdahida.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Aline, tudo bem? Realmente é bem triste perceber que ainda hoje as pessoas sejam tão preconceituosas, ainda mais com relação a cor que não influencia em nada no caráter da pessoa. Todos precisam ser valorizados por aquilo que fazem, por aquilo que são e pelo bem que espalham no mundo. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu pitaco!!!

 
Minha negra cor - Aline Dias © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo