Rabisco de duas: Festas juninas.

Olha o mês de junho aí gente!!!! Tem festa, férias, comidas típicas, danças e um monte de coisa própria da época... Ain gentém, estou amando desenhar hahaha, estou testando algumas técnicas de pinturas e em breve novidades por aí! Mas hoje o post é do Rabisco de Duas com o tema FESTAS JUNINAS que tem tudo a ver com esse mês.
Fiz o vídeo abaixo enquanto coloria o meu desenho, nele também comento um pouco sobre essa obra de arte. OBRA DE ARTE??? SQN KKKKK 
Resumindo, em minha região o que mais caracteriza essa época são as fogueiras e as roupas. As pessoas fazem fogueiras na frente de suas casas para assar milho, dançar e muito mais, e as roupas ficam por conta da criançada que dançam quadrilhas e fazem apresentações nas escolas e praça pública.
Abaixo fotos do desenho pronto...


Agora vejamos o desenho da minha dupla que agora é a Diana Santos do blog: Escritora Determinada. A Jake precisou se afastar do projeto por um tempo...
A Diana representou em seu desenho a noiva das qudrilhas, a fogueira, brincadeiras típicas da época e as barracas. Quer ver mais explicações sobre o desenho dela??? É só clicar aqui!


Vejam também os desenhos das outras participantes do projeto!
Monika Monykisses


Eu só queria alguém...

Autoria própria
E esse é mais um daqueles momentos em que me sinto só! Não sozinha no ato literal da coisa, mas sentindo-me sem ninguém que de repente possa me ouvir com aquele olhar de compreensão acima de tudo. "Sinto falta disso sabe"... De alguém que me ouça sem me julgar, que me abrace e me conforte sem me acusar, alguém que me entenda e me aceite assim como sou, sem me cobrar ou impor que eu deva melhorar... Seria me impor demais??? Seria querer demais??? Não vou negar que sinto essa falta boba de colo, sinto sim! Sou um ser muito carente de carinho e atenção. Aprendi a me defender dos males da vida muito cedo, desde pequena que tenho que agir sozinha em muitas coisas... Não tenho certas lembranças de carinho, não tenho lembranças de alguém me... Me acalentando nem me apoiando... Certa ou errada para os outros sempre estou errada!!! E isso me entristece, eu queria alguém que me ouvisse sem me julgar, e confesso que em certos momentos sinto falta de alguém que entenda também meus erros; nunca tive isso! Não sei se você aí do outro lado da telinha entende o que essa maluca escreve, mas é que esses meus devaneios loucos, palavras meio sem sentidos afloram e não sei nem controlar; fazer o que né? Coisas do coração...
Em uma noite de frio, com lágrimas nos olhos e aperto no coração!!! 
 
Minha negra cor - Aline Dias © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo